28 de jan de 2010

Simplicidade: Penitencia ou Libertação?



“Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas.” Mt 6,33

Seria a simplicidade um chamado a penitencia? Um tipo de privação das coisas boas da vida com a finalidade de nos espiritualizar? Talvez alguns realmente pensem que é a vontade de Deus que tornemos nossas vidas mais difíceis e duras, e neste sofrimento encontremos a santificação.

Outra opção seria entendermos a simplicidade como um chamado a liberdade. A liberdade de uma realidade que nos aprisiona sem que percebamos. Se observarmos com cuidado nossas vidas e alguns dos desafios que enfrentamos hoje, vamos perceber que um estilo de vida mais simples seria uma grande libertação para nós. Talvez o que mais precisamos nos dias de hoje.

Destaco abaixo alguns destes aborrecimentos e desafios que fazem parte da vida de muitos de nós:

1 - O excesso de responsabilidades e o ambiente de competição desenfreada em que vivemos - Poucas coisas são piores do que trabalhar e viver em um ambiente onde as pessoas que nos rodeiam desejam ocupar o nosso lugar e o nosso objetivo passa a ser ocupar o lugar de alguém.

2 - A ansiedade e estresse para cumprir todas as obrigações, necessidades e desejos -Vivemos debaixo de pelo menos três grandes pressões: o que eu quero, o que eu preciso e o que as pessoas querem de mim. O resultado de tanta pressão só poderia ser mesmo cada vez um numero maior de pessoas exaustas e deprimidas.

3 - O viver sempre sob a tirania do urgente – Nos sentimos como bombeiros gastando todo o nosso tempo apagando o fogo e resolvendo problemas, mas não conseguimos construir nada, nem fazer aquilo que consideramos importante.

4 - A corrida para conquistar e acumular cada vez mais - A tirania do ter, do realizar e do ser.Sentimos que só teremos lugar neste mundo se formos isto ou se tivermos aquilo. Precisamos ser especialistas em alguma coisa, mesmo que isto não seja relevante para ninguém.

5 – O consumismo – O consumismo foi muito bem definido por Richard Foster “Coisas que compramos sem precisão, com dinheiro que, na maioria das vezes, não temos, para impressionar pessoas que nem mesmo conhecemos e sequer gostamos.”

A estas questões pessoais e particulares poderíamos acrescentar mais algumas questões sociais que pelo menos deveriam nos incomodar:

6 - A realidade da miséria e da injustiça social no mundo em que vivemos -A velha máxima que ouvíamos de nossas mães continua sendo verdade, “tanta criança no mundo passando fome e você desperdiçando comida” . Diante da realidade social em que vivemos, o desperdício e o esbanjamento não é uma opção.

7 - Os desafios do colapso de nosso meio ambiente -Nosso estilo de vida está destruindo o nosso planeta, precisamos retomar a consciência da relação de mordomia que temos com a criação.

“Portanto, meu conselho é: Não fiquem preocupados a respeito de coisas: O que comer, o que beber e o que vestir. Porque vocês já têm a vida e o corpo; e eles são muito mais importantes do que o que comer ou que vestir.”

“Olhem os passarinhos! Eles não se preocupam com a comida, eles não precisam semear, colher, ou guardar comida; pois o Pai celeste de vocês os alimenta. E para Deus vocês valem mais do que os passarinhos.”

“Será que com todas as preocupações juntas poderão acrescentar um único momento a vida de vocês?”

Mateus 6,25-27 – (Bíblia Viva)

A simplicidade bíblica não é um chamado a uma penitência religiosa, onde abro mão do meu conforto e do meu prazer tentando agradar a Deus, numa espécie de auto-expiação. A simplicidade bíblica é um chamado a libertação. Libertação da ansiedade, da preocupação excessiva, da tirania do consumismo, da ditadura da reputação, da riqueza e do poder.

Para quem quiser um estudo completo sobre o assunto recomendo o livro que tem me inspirado, “A Liberdade da Simplicidade” de Richard Foster

4 comentários:

Marlon Girardello disse...

Excelente texto, franco e direto. Que possamos entregar mais e mais nossa vida ao Pai, para que assim não sejamos tomados por esse frenesi que o mundo prega.

Daniel disse...

Muito bom André!

Alexandre A Anjos disse...

OUÇA e/ou BAIXE "Fechado para Balanço" é uma série dividida em quatro mensagens ministradas por Pr André Botelho, onde você será desafiado a ter uma vida baseada na simplicidade de acordo com os preceitos bíblicos. http://www.iparuja.hd1.com.br/culto.html
Abraço

Durcila disse...

Pastor:
Texto simples, direto e que fala muito ao coração. Sem pedir licença, mas já citando a fonte o estou publicando no site (blog) da IP Várzea Grande, onde também já linkei o vosso blog.
www.primeiraipvg.wordpress.com
Abraço,
PAZ!